Database

Creator

Thumbnail

Search results

3,278 records were found.

Searching on external databases...
loading
O diapositivo era destinado a visualização colectiva nas aulas de História. É constituído por duas finas placas de vidro transparente, unidas por papel adesivo preto, estando numa delas gravada a imagem da Torre das Cabaças, em Santarém, no século XVII.
Trata-se de uma fotografia de uma gravura que procura representar em meio corpo o rei João I de Castela, herdeiro e sucessor de Henrique II, o adversário do monarca português D. Fernando. Vem a casar com a Infanta portuguesa Dª Beatriz, em 1383. No ano seguinte, contra o estipulado no contrato de casamento, entrou em Portugal em som de guerra, acudindo ao apelo da Rainha Dª Leonor Teles, sua sogra e regente do Reino. Foi obrigado a levantar o cerco a Lisboa, pela peste que grassou no seu acampamento e, no ano seguinte, foi vencido em Aljubarrota (14.VIII. 1385); as suas tropas foram ainda derrotadas em Valverde no mês seguinte. Morreu em 1390. No diapositivo é apresentado de frente para o observador, revestido de armadura e de capacete coroado. Sob o desenho da gravura, apresenta a legenda impressa que diz "D. João I de Castela" e, do ...
Trata-se de uma fotografia de uma aguarela que representa, seguindo a descrição de Pêro Vaz de Caminha, o hastear da Santa Cruz efectuada pelos homens de Álvares Cabral, na margem do rio, posteriormente, denominado Itacumirim, acto que teve lugar após a celebração de duas missas na enseada de Porto Seguro. Apresenta abaixo da fotografia, uma legenda impressa que diz "O HASTEAR DA CRUZ EM PORTO SEGURO". Material de apoio ao ensino de História.
O diapositivo era destinado a visualização colectiva nas aulas de História e de Francês. É constituído por duas finas placas de vidro transparente, unidas por papel adesivo preto, estando numa delas gravada uma imagem da fachada do Tribunal Criminal, em Paris, vendo-se parte da rua, o gradeamento e a escadaria de acesso. Junto à entrada, encontram-se duas guaritas. Também se avistam dois transeuntes.
O diapositivo era destinado a visualização colectiva nas aulas de História e de Francês. É constituído por duas finas placas de vidro transparente, unidas por papel adesivo preto, estando numa delas gravada uma imagem do Parque Monceau, em Paris: a Naumaquia (batalha naval ou local onde era simulada uma batalha naval entre os antigos romanos). Em primeiro plano, à esquerda, vê-se um lago e, à direita, duas colunas truncadas. Por trás, várias colunas dispostas em semi-círculo, terminadas por um friso que as une, formando uma pérgula coberta por trepadeiras. Duas pessoas passeiam debaixo da pérgula. Em último plano, são visíveis árvores de grande porte.
Trata-se provavelmente da reprodução de uma gravura de um livro de uma pintura pertencente já ao neolítico ou ao início da época dos metais. Ocupa todo o primeiro plano do diapositivo.
Trata-se de uma fotografia de uma gravura que representa Napoleão de pé, entre os seus mais fiéis, a dirigir-se às tropas que o envolvem e o aclamam, em pleno campo.
O quadro representa uma paisagem com colinas onde se avistam, ao longe, vários moinhos de vento. Em primeiro plano, está representada uma carroça carregada de sacos e puxada por um burro que é conduzido por uma camponesa já idosa.Na parte de trás da carroça , um rapazinho ampara os sacos. A carroça segue por um caminho que leva a um moinho que surge ao fundo do quadro , à direita, A representação pictórica é naturalista de finais do século XIX e à volta do quadro há uma cercadura em arabesco estilizado tipo Arte Nova. O motivo da cercadura encontra-se em baixo , à direita - espigas de trigo e cardos.
Quadro com moldura Arte Nova com apontamentos( fita entrelaçada)nos cantos superior direito e esquerdo. No canto inferior esquerdo um elemento vegetal (morangueiro?) .Um homemdo lado esquerdo do quadro lança as sementes à terra . O semeador em paisagem lavrada representando um pôr do sol, ao longe distinguindo-se em silueta uma figura com arado e animal lavrando a terrra. Ao centro vislumbra-se curva de caminho com duas figuras (adulto e crainça). na linha do horizonte grupo de árvores e casario distante. perto da figura principal esvoaçam corvos negros.
O quadro representa uma paisagem de inverno. À esquerda, em primeiro plano, uma figura masculina, bem agasalhada, sentada sobre troncos cobertos de neve, observa as brincadeiras de cinco crianças que, no centro do quadro, fazem rolar uma bola de neve que, serpenteando pelo caminho, deixou marcado o seu rasto, Ao fundo, vê-se uma aldeia coberta de neve e , no caminho, um trenó puxado por um cavalo. No horizonte, avistam-se montanhas cobertas de neve. A representalção é de tipo naturalista, de final do século XIX e a cercadura em arabesco estilizado tipo Arte Nova. Em primeiro plano, à direita, estão representados ramos de árvore sem folhas e cobertos de neve.
ContactosSecretaria-Geral da Educação e Ciência

Av. 5 de Outubro, 107
1069-018 Lisboa

Tel: 217811600 - ext 11530
E-mail: dsda@sec-geral.mec.pt
HorárioSala de Leitura
De 2ª a 6ª das 9:00 às 17:00

Centro de Informação e Relações Públicas
De 2ª a 6ª das 9:00 às 18:00