Database

Creator

Thumbnail

Search results

176 records were found.

Searching on external databases...
loading
Instrumento utilizado no Laboratório de Física para fins pedagógicos. O calorímetro permite medir as quantidades de calor fornecidas ou recebidas por um corpo através da utilização de um termómetro aplicado a um recipiente isolador.
Fonte de alimentação com cabo, instrumento utilizado em experiências de Física.
Fonte de alimentação, instrumento utilizado nas aulas de Física.
Fonte de alimentação, instrumento utilizado nas aulas de Física.
Fonte de alimentação, instrumento utilizado nas aulas de Física.
A escala foi criada em 1812 pelo mineralogista alemão Friedrich Mohs com 10 minerais de diferentes durezas existentes na crosta terrestre aos quais atribuiu valores de 1 a 10. O valor de dureza 1 foi dado ao material menos duro que é o talco e o valor 10 foi atribuído ao diamante que é a substância mais dura existente na natureza. Assim, trata-se de uma escala que quantifica a dureza dos minerais, ou seja, a sua resistência face ao risco (retirada de partículas da sua superfície). Este objecto era utilizado no Laboratório de Ciências Naturais enquanto material de apoio às matérias de Geologia/Mineralogia.
A escala foi criada em 1812 pelo mineralogista alemão Friedrich Mohs com 10 minerais de diferentes durezas existentes na crosta terrestre aos quais atribuiu valores de 1 a 10. O valor de dureza 1 foi dado ao material menos duro que é o talco e o valor 10 foi atribuído ao diamante que é a substância mais dura existente na natureza. Assim, trata-se de uma escala que quantifica a dureza dos minerais, ou seja, a sua resistência face ao risco (retirada de partículas da sua superfície). Este objecto era utilizado no Laboratório de Ciências Naturais enquanto material de apoio às matérias de Geologia/Mineralogia.
A escala foi criada em 1812 pelo mineralogista alemão Friedrich Mohs com 10 minerais de diferentes durezas existentes na crosta terrestre aos quais atribuiu valores de 1 a 10. O valor de dureza 1 foi dado ao material menos duro que é o talco e o valor 10 foi atribuído ao diamante que é a substância mais dura existente na natureza. Assim, trata-se de uma escala que quantifica a dureza dos minerais, ou seja, a sua resistência face ao risco (retirada de partículas da sua superfície). Este objecto era utilizado no Laboratório de Ciências Naturais enquanto material de apoio às matérias de Geologia/Mineralogia.
A escala foi criada em 1812 pelo mineralogista alemão Friedrich Mohs com 10 minerais de diferentes durezas existentes na crosta terrestre aos quais atribuiu valores de 1 a 10. O valor de dureza 1 foi dado ao material menos duro que é o talco e o valor 10 foi atribuído ao diamante que é a substância mais dura existente na natureza. Assim, trata-se de uma escala que quantifica a dureza dos minerais, ou seja, a sua resistência face ao risco (retirada de partículas da sua superfície). Este objecto era utilizado no Laboratório de Ciências Naturais enquanto material de apoio às matérias de Geologia/Mineralogia.
A escala foi criada em 1812 pelo mineralogista alemão Friedrich Mohs com 10 minerais de diferentes durezas existentes na crosta terrestre aos quais atribuiu valores de 1 a 10. O valor de dureza 1 foi dado ao material menos duro que é o talco e o valor 10 foi atribuído ao diamante que é a substância mais dura existente na natureza. Assim, trata-se de uma escala que quantifica a dureza dos minerais, ou seja, a sua resistência face ao risco (retirada de partículas da sua superfície). Este objecto era utilizado no Laboratório de Ciências Naturais enquanto material de apoio às matérias de Geologia/Mineralogia.
ContactosSecretaria-Geral da Educação e Ciência

Av. 5 de Outubro, 107
1069-018 Lisboa

Tel: 217811600 - ext 11530
E-mail: dsda@sec-geral.mec.pt
HorárioSala de Leitura
De 2ª a 6ª das 9:00 às 17:00

Centro de Informação e Relações Públicas
De 2ª a 6ª das 9:00 às 18:00